🍵 Purê de Couve-Flor Pastoso

Esta é uma receita que postei no Instagram e no Canal do YouTube (vou deixar o vídeo aqui embaixo também!!) e trago para o Blog para quem me acompanha por aqui.

Testei esta receita da Rita Lobo e amei!! Ela é simples, mas o diferencial é o leite no cozimento que dá um toque delicioso!!

Ingredientes:

. 1 couve-flor

. 1xic e 1/2 (chá) de água

. 1xic e 1/2 (chá) de leite

. 1 folha de louro

. 1 colher (chá) de sal

Numa panela, coloque a couve-flor lavada e cortada (pode deixar o talo), a água, o leite e a folha de louro. Tempere com o sal e leve ao fogo médio. Quando ferver, deixe cozinhar por cerca de 15 minutos ou até a couve-flor ficar BEM macia.

Desligue o fogo e reserve o líquido do cozimento na panela, pois irá utilizar. Descarte a folha de louro, e transfira a couve-flor sem o líquido para o liquidificador. Bata até deixar o purê bem liso e cremoso – vá acrescentando, aos poucos, o líquido do cozimento reservado para chegar à consistência necessária.

Se preferir, use um mixer.

Prove, acerte o sal e sirva a seguir.

Esta é uma receita IDDSI nível 4 (Pastoso). Para um purê menos grosso (nível 3 IDDSI – Liquidificado) é só adicionar mais líquido do cozimento.

Fga Cristiane G Rama

#porumpastosomelhor

3 Princípios da Culinária Adaptada para Disfagia

O objetivo da adaptação da alimentação na terapia da disfagia precisa envolver e/ou melhorar a experiência alimentar dos pacientes.

Estes princípios são fundamentais para garantir isso:

⚠️ Segurança: Pessoas com disfagia precisam de alimentos com consistência específica para se alimentarem com segurança. Este aspecto também envolve a higiene das mãos, higiene oral, limpeza da cozinha e dos alimentos e armazenamento apropriado de alimentos.

🍵 Nutrição: A boa nutrição tem um papel importante na sobrevivência, recuperação e bem-estar dos pacientes disfágicos. A alimentação deve ser nutricionalmente balanceada e incluir uma ampla variedade de alimentos e líquidos, que devem ser orientadas por um(a) nutricionista.

❤️ Prazer: Comer uma refeição agradável é um direito de todos e proporcionar prazer através da comida e bebidas deve ser uma prioridade. Sabor, cheiro e apresentação são fatores fundamentais para alcançar uma experiência alimentar agradável.

O comprometimento com todos esses princípios, além de considerar os desejos e preferências individuais são fundamentais para garantir uma melhor qualidade de vida para os nossos pacientes disfágicos.

Fga. Cris G. Rama

#porummundomelhor

☀Disfagia e Verão – Mocktail Piña Colada Espessada!!☀

Não tem como não associar abacaxi com frescor e verão, né?! Olha que delícia essa receita do drink Piña Colada sem álcool (mocktail). E a receita serve pra toda a família!! ☀❤

Continuar lendo “☀Disfagia e Verão – Mocktail Piña Colada Espessada!!☀”

☀Disfagia no Verão!! Sopa fria de palmito!☀#porumpastosomelhor

Seguindo com opções para estes dias quentes de verão, aqui vai uma receita muito fácil e rápida de fazer. Pode servir como uma opção de entrada ou como um dos pratos principais!

Continuar lendo “☀Disfagia no Verão!! Sopa fria de palmito!☀#porumpastosomelhor”

☀Disfagia e Verão – Sopa Fria de Abóbora e Tangerina pra refrescar!!☀ #porumpastosomelhor

Receita nova para variar o cardápio!! Ela pode ser servida como entrada, antes do prato principal, que tal?!. Esta sopa com tangerina é a cara do verão!!! ☀❤

Continuar lendo “☀Disfagia e Verão – Sopa Fria de Abóbora e Tangerina pra refrescar!!☀ #porumpastosomelhor”